Top Menu
aplicativo

Com a popularização dos smartphones, as empresas tiveram que se adaptar ao mercado. E para isso, muitas delas criaram aplicativos que oferecem mais agilidade, praticidade e eficiência para os seus clientes. O objetivo é proporcionar soluções que se tornem um diferencial aumentando assim o seu nível de satisfação. Sendo assim, o desenvolvimento de um aplicativo para sua empresa deixou de ser opcional, trata-se de um diferencial importantíssimo como falamos aqui.

Porém, não adianta idealizar um aplicativo super interessante para o cliente caso não tenha um bom desenvolvedor por trás do projeto. Isso porque, a etapa de desenvolvimento da plataforma é a mais importante, responsável pela usabilidade e eficácia do aplicativo. Ou seja, na hora de tirar os planos do papel procure um profissional especializado e que te dê segurança durante o desenvolvimento do projeto.

Se você está pensando em criar um aplicativo para o seu negócio, é importante saber o que deve ou não fazer. Por esse motivo, trouxemos hoje uma lista com 4 erros graves cometidos durante o desenvolvimento de aplicativos. Confira:

#1. Não analisar o público previamente

Antes de qualquer coisa é preciso analisar minuciosamente o seu público. Quem vai utilizar o seu aplicativo e com qual finalidade? Para isso, é necessário realizar pesquisas com seus clientes relacionadas ao seu produto ou serviço, hábitos de consumo e outros. Com os resultados em mãos será possível traçar o perfil de público-alvo e persona para a sua plataforma. A partir daí você poderá projetar quais serão as funções, objetivos, interface e outros detalhes importantes do aplicativo.

#2. Excesso de funcionalidade

Quando o assunto é aplicativo, menos é mais! Isso porque o excesso de funcionalidades dificulta a navegação. Além disso, vai de encontro com um grande problema atual, o tamanho do aplicativo. Isso porque hoje em dia são tantos app’s que o usuário esgota a memória do aparelho e precisa descartar os menos importantes. Você não quer que seja o seu, certo? Sem contar que quanto mais funções, mais custos para a empresa. Ou seja, existem diversos pontos negativos para o excesso de funcionalidades. Sendo assim, avalie bem quais irá oferecer na sua plataforma, se for necessária, diminua.

#3. Oferecer em apenas uma plataforma

Para lançar um aplicativo nas lojas dos sistemas operacionais é necessário seguir algumas normas. Porém, elas são diferentes para cada plataforma e por esse motivo, os aplicativos são programados de formas distintas. Em alguns casos, mesmo que não haja restrições dos sistemas, é preciso avaliar o funcionamento. Isso porque se o usuário instalar e tiver problemas para navegar ele não pensa duas vezes antes de desinstalar.  Sendo assim, você deve contar com profissionais especializados nas principais plataformas do mercado, atualmente Android e iOS.

#4. Não pensar na usabilidade – Design UX

Trabalhar com user experience ou experiência do usuário é essencial para uma boa adesão. Isso porque é por meio dessa metodologia que será definida toda a parte visual do aplicativo. Por que? O designer que se preocupa com a experiência pensa com a cabeça do usuário. Ele se coloca no lugar do público-alvo para criar a usabilidade da plataforma levando em consideração ainda pessoas com limitações como audição e visão, por exemplo. Além disso, ele será o responsável por oferecer praticidade e objetividade a plataforma, características essenciais quando o assunto é aplicativo.

Pensando em criar um aplicativo para sua empresa? Nós podemos te ajudar, saiba mais aqui.  

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voce pode usar estes comandos (tags e atributos) HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close