Top Menu
aprovação de crédito

Quando o indivíduo está com a situação irregular nos órgãos de proteção ao crédito, é comum ter pedidos de benefícios negados. Porém, quando o assunto é aprovação de uma determinada linha de crédito, nem sempre a reprovação é exclusividade dos negativados. Por incrível que pareça, muitas pessoas com bom histórico financeiro acabam tendo seus pedidos de aprovação de crédito negados por repetidas vezes. Isso já aconteceu com você? Se sim, você veio ao lugar certo porque hoje vamos explicar os motivos desse problema. Confira:

Meu nome está limpo, mas eu não consigo crédito. E agora?

Por que isso acontece?

Além da consulta aos órgãos de proteção ao crédito, existe uma série de motivos para que as solicitações de crédito sejam reprovadas. Uma delas é um sistema de pontuação chamado Score que funciona como uma espécie de currículo da sua vida financeira. Quanto mais alta for sua pontuação, maiores são as chances de você ter seu crédito aprovado. Você pode consultar sua pontuação no site do Serasa Consumidor gratuitamente. A negação pode ser devido aos seus atrasos de pagamento que resultaram na queda da sua pontuação no Score automaticamente te tornando um mau pagador apesar de não estar negativado.

Mas não para por aí já que dados como idade, padrão de consumo e CEP também são analisados. Todos esses dados são comparados a sua renda fixa e consumo de cartão de crédito, por exemplo. Isso acontece porque para os bancos, você tem pendências financeiras. Ou seja, ele não quer correr o risco de você não pagar como seu histórico indica que já fez – falamos sobre esses critérios aqui. Outro fator importante que deve ser levado em consideração é a quantia solicitada. Isso porque caso ela seja maior que a sua renda, as chances de você não conseguir a aprovação de crédito são maiores.

O que eu posso fazer para conseguir a aprovação de crédito?

Claro, reivindicações ou reclamações não costumam ser uma tarefa agradável. Porém, às vezes são necessárias como nesse caso em que você pode tomar algumas atitudes que mesmo não sendo confortáveis, podem viabilizar sua aprovação de crédito. Veja quais são elas:

1. Converse com o gerente

O gerente é o seu contato mais próximo com o banco, por isso é sempre bom manter um relacionamento no mínimo amistoso. Com isso, marque um encontro com ele, explique seus motivos para solicitar o crédito e peça que o ajude com uma boa alternativa. Para facilitar, tente negociar o aumento da quantidade de parcelas ou a utilização do seu limite de conta bancária, por exemplo.

2. Reduza o valor solicitado

Conforme dissemos anteriormente, quando o banco entende que sua renda não cobrirá os custos do empréstimo, ele nega. Afinal, ninguém quer sair no prejuízo, não é mesmo? Por isso, sempre que houver necessidade de solicitar um empréstimo, não leve em consideração apenas a sua necessidade. Pense também nas possibilidades de aprovação de crédito que o seu banco ou instituição financeira podem te oferecer.

3. Crédito consignado

Trata-se de uma boa opção já que não leva em consideração os órgãos de proteção ao crédito pelo fato de descontar as parcelas em folha. Além disso, o crédito consignado costuma ter taxas de juros menores e uma liberação mais rápida. Mas vale lembrar que essa modalidade é oferecida para: aposentados, pensionistas, servidores públicos (municipais, estaduais e federais), trabalhadores de carteira assinada e militares das forças armadas.

Gostou do artigo? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro do universo financeiro!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voce pode usar estes comandos (tags e atributos) HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close