Top Menu

O volume de contas é grande, elas vão chegando, o dinheiro acaba e as dívidas se acumulam. Sem conseguir pagá-las, você  se vê sem saída e seu nome acaba indo para os órgãos de proteção ao crédito. Com nome sujo, você acaba restringindo as suas oportunidades como aprovação de cartões de crédito, empréstimos e outros. É nessa hora que surgem muitas empresas prometendo milagres para limpar seu nome. Por isso, é preciso ter calma para decidir a melhor opção para você e não cair em golpes.

Nome sujo: o que fazer para resolver esse problema?

Além das dívidas, quem tem restrição nos órgãos de proteção enfrentam outras dificuldades o que acaba piorando sua situação econômica. Isso porque ter o nome sujo te coloca em uma posição desagradável financeiramente falando. Por isso, trouxemos algumas opções de como você pode limpar seu nome. Confira:

  • Negociar:

Essa deve ser sempre a primeira opção. Isso porque esse pode ser o melhor caminho para reduzir sua dívida e conseguir um bom acordo para o pagamento dela;

  • Pagamento à vista:

Se você conseguir guardar umas economias e realizar esse pagamento de uma só vez, essa é uma excelente opção. Por que? Quando a quitação do débito é feita à vista é possível se livrar de juros e conseguir bons descontos, por exemplo.

  • Empréstimo:

Quanto mais suas contas atrasam, maiores são os juros a ser pagos posteriormente. Enquanto isso, os juros de empréstimos pessoais ou créditos consignados podem ser menores que os da sua conta original.

Como saber se vale a pena pegar empréstimo limpar meu nome?

Com os juros das suas dívidas se acumulando, usar um empréstimo para quitá-los e limpar o nome sujo pode ser uma boa opção. Mas você já fez a conta? Junte todos os seus débitos, some-os e faça as contas para saber quanto está pagando ou irá pagar de juros. Depois disso faça um simulação de crédito e compare para ver qual a melhor opção.
Porém, é preciso lembrar que muitos bancos ou financeiras não aprovam empréstimos pessoais para negativados. Por esse motivo, o crédito consignado pode ser uma boa opção! Isso porque nessa modalidade as parcelas são descontadas direto em folha, com isso os bancos têm mais segurança em relação a quitação da dívida. Além disso, o crédito consignado oferece taxas de juros menores aumentando suas chances de limpar seu nome com esse crédito. Mas lembre-se, o crédito consignado é uma opção apenas para: aposentados, pensionistas, servidores públicos (municipais, estaduais e federais), trabalhadores de carteira assinada e militares das forças armadas.

Paguei, e agora?

Depois que você efetivar o pagamento dos débitos que fizeram com que ficasse com nome sujo nos órgãos de proteção ao crédito, a empresa responsável tem até 5 dias úteis para retirar seu nome dos órgãos de protesto. Caso você continue com o nome sujo após esse período, entre em contato com o Procon reivindicando seus direitos. Mas lembre-se, quando efetivar o pagamento guarde o comprovante, ele pode ser útil caso essa situação aconteça.

Quer mais dicas sobre crédito e finanças? Siga-nos nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voce pode usar estes comandos (tags e atributos) HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close