Top Menu

Existem diversas modalidades de crédito, porém as mais conhecidas são o empréstimo pessoal e crédito consignado. Isso porque essas são as categorias de crédito mais populares. Apesar disso, muitas pessoas ainda confundem as duas opções de crédito. Porém, o empréstimo pessoal e o crédito consignado são operações muito diferentes. Mas e você, sabe quais são as diferenças entre empréstimo pessoal e crédito consignado? Se a sua resposta for não, veio ao lugar certo porque hoje vamos falar sobre algumas das principais diferenças entre as duas categorias de crédito. Confira:

Empréstimo pessoal

Essa é uma das modalidades mais facilitadas pelos bancos. O empréstimo pessoal tem uma avaliação bem simples já que normalmente o único requisito para aprovação é a comprovação de nome limpo. Porém, tudo tem seus prós e contras, não é mesmo? O fato de não necessitar de muitas garantias de pagamento faz com que as taxas de juros do empréstimo pessoal sejam altas devido ao alto risco de inadimplência.

Segundo o Banco Central do Brasil, as taxas de juros do empréstimo pessoal têm uma média de 8% ao mês podendo chegar a passar de 1,27% a 26,39% ao mês. Por esse motivo, é muito importante pesquisar bastante antes da tomada de decisão.

Crédito consignado

O crédito consignado é uma das modalidades mais vantajosas de crédito. Isso acontece porque as taxas de juros dessa categoria são menores e nós explicamos os motivos. Por ser uma opção de crédito apenas para trabalhadores com carteira assinada, funcionários públicos, aposentados e pensionistas do INSS as parcelas podem ser descontadas diretamente da folha de pagamento. Com isso, o risco de inadimplência é menor possibilitando assim taxas de juros menores.

Por ser uma linha de crédito segura para os operadores e econômica para o solicitante, essa é uma modalidade muito importante. O Banco Central estima uma média da taxa de juros em 2,5% ao mês com uma variação de 1,29% e 5,28%. Ou seja, está entre as taxas mais baratas do mercado – e muito menor que a do empréstimo pessoal.

Qual é a melhor opção?

Se você se enquadra na categoria de crédito consignado, essa é a melhor opção é sem dúvidas já que as taxas de juros são muito menores. Além disso, o crédito consignado evita o acúmulo de dívidas e um endividamento ainda maior por parte do solicitante. Isso porque o crédito consignado é limitado em 30% do salário do indivíduo.
Enquanto o empréstimo pessoal não tem limite. Ou seja, o indivíduo pode solicitar o valor que desejar. Porém, é preciso se organizar para cumprir o pagamento das parcelas no prazo combinado para evitar juros ainda maiores. Sabendo disso tudo, você já consegue definir a melhor alternativa para o seu problema? Esperamos que sim, mas caso tenha alguma dúvida conte conosco!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voce pode usar estes comandos (tags e atributos) HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close